Capacitação Profissional vence enquete sobre MKT Esportivo!

Como informado no post da última semana, o blog traz uma análise sobre o tema vencedor da ENQUETE: o que fará o Brasil evoluir no MKT Esportivo? O texto é de autoria de um dos mais bem conceituados profissionais de gestão esportiva no Brasil e executivo altamente respeitado no setor…com a palavra, Cristiano Benassi.

—————————————————————————————————————————————-

Esportes - Cristiano Benassi (28)
Cristiano Benassi Profissional da área de Marketing e Marketing Esportivo. Atuou por mais de uma década na Nike e atualmente é o Sênior Manager da área de Plataformas de Marketing na Samsung

Aceitei o convite do meu amigo David Grinberg para escrever sobre o resultado de sua enquete.  Isso não é uma tarefa fácil, mas é,  no mínimo, interessante poder colocar no papel (ou na tela) ideias que tenho sobre o assunto, baseadas no resultado da pesquisa (apurada até o dia 6/11/2015).

Interessante também lembrar que antes de receber o convite, durante uma conversa informal com colegas do mercado falamos muito sobre o tema. E o resultado final não foi surpresa para os quatro integrantes da mesa.

Vamos lá:

Em 3º lugar, com 25% dos votos: “Melhora nas ferramentas de avaliação dos planos de Marketing Esportivo”

Em 2º lugar, com 26% dos votos: “Comunicação mais efetiva, ampla e dinâmica sobre os conceitos do Marketing Esportivo”

E, em primeiro lugar, com 49% dos votos: “Capacitação de novos profissionais e/ou reciclagem de profissionais de Mercado”

Se você me perguntar se não considero importantes as respostas do terceiro e segundo lugar, minha resposta será: SIM. Acho muito importante. Mas, acho que elas podem ser parte da resposta vencedora: Capacitar novos profissionais e/ou reciclar os profissionais do mercado é uma estratégia vencedora.

Lembro que no nosso encontro estávamos falando sobre isso. Sobre o quanto o tema “Marketing Esportivo” evoluiu nos últimos 10 anos. O Marketing Esportivo deixou de ser apenas uma ferramenta do Marketing e passou a ser uma plataforma integrada com as mais diversas áreas das empresas, contribuindo diretamente com os resultados dos negócios.

Do ponto de vista Corporativo, o Marketing Esportivo continua tendo: emoção, garra, superação, trabalho em equipe, atingimento de metas e muitas outras qualidades que transcendem os gramados, quadras, piscinas, octógonos, pistas e por aí vai.

Acontece que nossa área evoluiu com o passar dos tempos. E as áreas ao nosso redor também! Isso quer dizer que o gestor esportivo teve que deixar o perfil “especialista” um pouco de lado e passar a desenvolver um perfil mais “generalista”.

Sim meu amigo. Para trabalhar com Esporte hoje em dia será muito bom você entender um pouco de mídia e de branding. Será interessante você estar ligado com o mundo digital, das redes sociais. Será bem estratégico você alinhar seu planejamento com a área de PR (Relações Públicas). Você não gosta muito de finanças, números e planilhas? Eu posso te entender. Mas será bom você correr atrás disso. Será importante também você estar integrado com a área de vendas, área de produto, área jurídica, de Trade Marketing. Enfim, temos que fazer mais parte do business. Entender não só o mercado, mas entender bem a empresa que trabalhamos e a maneira que ela realiza negócios.

Parece difícil. E é! Dá um belo trabalho.

Mas no fim do dia, quando você começa a entender um pouco mais sobre o escopo do trabalho adotado e o quanto a sua função pode ser importante para a empresa, o negócio fica mais legal!

Nesses últimos anos, os cursos acadêmicos sobre nosso setor proliferaram por todo o Brasil. Eu mesmo fui convidado em algumas oportunidades a ministrar aulas nesses cursos. Mais do que mostrar um case sobre a empresa que trabalho e como utilizamos o Marketing esportivo por aqui, procurei mostrar a esses alunos o quanto a área está mudando junto com todas as demais evoluções do mundo.

Isso é um movimento normal. Faz parte e não é uma exclusividade de nossa área. O que precisamos realmente é adaptar antigas estratégias às novas práticas. Precisamos ouvir o que o mercado demanda. O que realmente toca um consumidor.

Não estou dizendo que as ações de um passado recente estavam erradas. Pelo contrário. Poderíamos ficar discutindo grandes ações até perdermos as contas. Mas temos que entender que existe um espaço enorme para crescimento e amadurecimento estratégico.

Portanto, quando vi o resultado da pesquisa “Capacitação de novos profissionais e/ou reciclagem de profissionais de Mercado” não fiquei surpreso.

Aprender coisas novas não deve fazer parte apenas do dia a dia de novos profissionais ou de pessoas que estão buscando cursos profissionalizantes. Os profissionais atuantes hoje no mercado também precisam buscar esse algo novo, esse complemento.

Reciclar, adaptar, estudar. Isso faz bem para todo mundo!

Cristiano Benassi

Profissional da área de Marketing e Marketing Esportivo. Atuou por mais de uma década na Nike e atualmente é o Sênior Manager da área de Plataformas de Marketing na Samsung.

O Blog do David Grinberg agradece a interação e manifestação de todos os leitores, pois acreditamos que o debate é salutar para a evolução do segmento de marketing esportivo no Brasil.

One comment

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s