O futebol brasileiro vale 10 vezes mais?

Recentemente, lendo mais sobre a disputa pelos direitos de transmissão do futebol brasileiro, reparei que o Esporte Interativo tem informado publicamente que sua proposta pelo Campeonato Brasileiro, para a TV paga e a partir de 2019, é quase 10 vezes superior à oferta apresentada pelas Organizações Globo, atual detentora da propriedade.

Esse fato me chamou a atenção, afinal trata-se de algo no mínimo estranho. Uma oferta 10 vezes maior que o seu concorrente, isso quando os valores tratados são na casa dos “milhões”! Sendo mais específicos, R$ 600 milhões propostos pelo EI, contra R$ 60 milhões da Globo.

Minha indagação diante desse cenário é se o novo proponente está supervalorizando o produto “futebol”, ou se os valores atuais estão muito abaixo do mercado. Ou seja, tem gente ganhando muito dinheiro ao segurar investimentos ou outros estão perdendo receitas por não saberem se aproveitar das reais oportunidades de negócios desse esporte!

Diante da pindaíba que TODOS os clubes se encontram atualmente, é esperado que a maioria penda para a proposta de maior valor financeiro. No entanto, até o momento, sabe-se que o Esporte Interativo assinou contrato com 16 equipes, entre eles Palmeiras, Santos, Internacional, Bahia e Coritiba.

Mas dinheiro é tudo no futebol? Na teoria sim, na prática também! Mas sabemos que não se deve descartar que respeito e dignidade à instituição esportiva e à sua torcida também devem ser valorizados.

O Santos Futebol Clube, por exemplo, revelou que o acerto com o EI se deu pela grana – claro! – mas também pelo descaso da Globo e do SporTV, que teimam esconder os jogos do time de sua programação. Aliás, no post “O desserviço da TV aberta ao esporte brasileiro” já havia repercutido exatamente esse assunto.

Por outro lado, é importante analisar o porquê os demais times, mesmo precisando de (muitos) investimentos, resolveram manter a lealdade às Organizações Globo.

Não gosto de especular sobre o que não sei, mas é inegável que a decisão leva em consideração diversos fatores, sejam eles visíveis aos olhos do público ou restrito aos bastidores. Mas certamente pesou na balança o fato da diferença entre as propostas, do ponto de vista financeiro, ser muito significativa, o que certamente despertou uma certa desconfiança e incerteza se efetivamente os valores altíssimos ofertados pelo EI serão realmente honrados em um cenário de longo prazo. Afinal, quando a esmola é muita…

Seja de um lado ou outro, o importante é que os clubes recebam o que for justo pelo o que representam e que, sobretudo, os torcedores tenham (muito) futebol do seu time de coração à disposição na televisão.

2 comments

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s